in

Mulher atira no seu próprio marido que maltratava seu gato

Mary Harrison atirou no próprio marido que abusava do seu gato.

Um caso atípico tem dividido toda internet e a opinião pública no Texas, EUA, nesses últimos dias. Trata -se de um homicídio em defesa dos animais. Mary Harrison, de 47 anos, atirou em seu próprio marido por praticar repetidos abusos contra seu gato.

A vítima, Dexter Harrison, costumava espancar o pobre gatinho com frequência. Devido a tantos abusos, o gatinho finalmente fugiu.

Preocupada, Mary espalhou cartazes com a foto do seu gato desaparecido por todo o bairro do Dallas. Não demorou muito para que o bichano fosse encontrado, no entanto, o gato continuou sendo maltratado por Dexter, o que levou sua esposa a atirar nele para defender o bichano.

Dexter não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital e Mary foi detida sob acusação de homicídio.

Enquanto isso, as redes sociais permanecem divididas. Muitas pessoas, incluindo um vizinho, estão acusando Mary de exagerar ao priorizar a vida do animal em detrimento do marido.

Outros, incluindo defensores dos animais, criaram uma página para arrecadar fundos para cobrir as despesas legais de Mary, pois concordam que ela estava agindo corajosamente em defesa do animal.

E você,  concorda com a atitude de Mary? Acha que ela exagerou ou agiu certa? Compartilhe!

What do you think?

18 points
Upvote Downvote

Total votes: 18

Upvotes: 18

Upvotes percentage: 100.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

One Comment

Leave a Reply
  1. Porra, não fode (esse povo que tá criticando ela). Logo mais ele ia tá maltratando e torturando ela. Mas ela deveria ter se separado assim que começaram os maus tratos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Bombeiros agem rápido e resgatam gato de incêndio

Conheça Rubble, o gato mais velho do mundo que fez 30 anos